cases

Prefeitura de Manaus

Julho Amarelo

O cliente

A Prefeitura de Manaus é uma instituição central administrativa do poder executivo do Município, a qual se preocupa em cuidar do bem-estar da população manauara em vários segmentos, sendo na educação, na saúde, no meio ambiente e na cultura. Além disso, trabalha na preservação do patrimônio histórico, como nossos museus que guardam muitas histórias. A organização também oferece programas de auxílio aos seus moradores e visitantes, que adotam a capital como o seu lar. Devido à sua importância e responsabilidade pela cidade, a entidade está sempre investindo em melhorias dos espaços públicos, na sua interação com habitantes e turistas, com o objetivo de tornar Manaus um lugar agradável e admirável de se viver.

O desafio

O “Julho Amarelo” é considerado o Mês de Conscientização às Hepatites Virais e para enfatizar a importância do período para a saúde, a Prefeitura de Manaus solicitou uma campanha digital da iMarketing. O desafio era criar uma campanha que abordasse o assunto informando a população sobre os métodos de prevenção dos diversos tipos de hepatites. Usando de uma linguagem clara, didática e objetiva, foi possível alertar sobre os cuidados e perigos destes vírus.

A ideia

Para tornar a mensagem fácil de ser compreendida, a equipe de criação da iMarketing Agência Digital, usou a palavra “amarelo” que faz alusão não somente ao período, mas a um dos sintomas das hepatites virais para construir o mote “Não Deixe a Hepatite Amarelar a Sua Vida”, que consiste justamente na prevenção da doença. Além disso, o material criado trazia informações dos sintomas, os tipos de vírus, vacinas e os locais para diagnóstico e tratamento.

A ação

Baseada no planejamento estratégico elaborado pela equipe da iMarketing, foram criadas peças gráficas digitais, em diferentes formatos, possibilitando um maior alcance nas redes sociais da prefeitura, como Instagram, Twitter, Facebook, Youtube e site oficial, além de peças para o Google Ads que direcionavam o público ao site da prefeitura.

Veja mais cases